Entenda o que fazer antes do sinal analógico de TV ser desligado
18/02/2018 14:41 em Tecnologia

Até 28 de março de 2018, haverá o desligamento do sinal analógico de TV em 10 municípios no Maranhão e a transição para o sinal digital. Para esclarecer como está ocorrendo esse processo e como as pessoas devem proceder, Shirley Coimbra, mobilizadora social da Seja Digital São Luís, concedeu entrevista ao Programa “Ponto a Ponto, na sexta-feira (16) sobre o assunto à apresentadora Maria Regina Telles.

 

De acordo com a mobilizadora social, quem determinou o desligamento do sinal analógico foi o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e a Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel e estabeleceu as datas dos grupamentos de municípios que serão desligados até 2018. Essa conversão de sinal visa melhorar a interatividade, acessibilidade – o recurso de áudio descrição, para deficientes visuais – a qualidade da imagem, do áudio, eliminando chuviscos e interferências na recepção, característicos do sistema analógico.

 

A Anatel designou a Seja Digital, entidade não governamental e sem fins lucrativos, para operacionalizar a migração do sinal analógico de tv para o digital. É ela que está distribuindo a quem têm direito, os beneficiários de alguns programas sociais, os kits digitais – com antena digital e conversor com controle remoto. As orientações para a instalação da antena digital são dadas no momento da entrega ou quem preferir pode ligar para 147 gratuitamente.

 

As TVs que já vem com conversor digital embutido necessitam apenas da antena digital e do controle. Já as TVs de tubo ou de tela plana que não tenham o conversor embutido necessitam do kit completo. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, a orientação que a mobilizadora social dá é consultar o manual do fabricante.

 

Quem quiser obter mais informações basta acessar o site www.sejadigital.com.br ou ligar para 147.

 

Confira a entrevista, na íntegra, aqui.

 
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!