TRE diploma candidatos eleitos nas eleições de 2018 no Maranhão
20/12/2018 14:00 em Novidades

Em concorrida cerimônia, a Justiça Eleitoral do Maranhão diplomou, em sessão solene, na tarde de terça-feira (18), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, os 18 deputados federais, 42 deputados estaduais, dois senadores, o governador e o vice-governador eleitos nas eleições de 2018.

 

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA), desembargador Ricardo Duailibe, presidiu a solenidade, ladeado pelo governador Flávio Dino (PCdoB), o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, o corregedor e vice-presidente do TRE/MA, desembargador Cleones Cunha, e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB).

 

Participaram do evento, dentre outros, dirigentes partidários, prefeitos, parlamentares, familiares, correligionários e demais autoridades dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. 

 

Os eleitos foram chamados para receber o diploma pela ordem decrescente de votação, que tiveram na urna eletrônica. Primeiro foram chamados os deputados federais, seguidos dos deputados estaduais, senadores, governador e vice-governador. Os primeiros e segundo suplentes de deputado federal, estadual e de senador de cada coligação ou partido também receberam o diploma. Ao todo foram diplomados 18 deputados federais, 42 deputados estaduais, dois senadores e o governador e o vice-governador.

 

“A Justiça Eleitoral está de parabéns. Conduziu bem o processo, acompanhou, interveio, quando necessário, para evitar excessos dos candidatos, mas sempre deixando prevalecer as mensagens e a vontade do eleitor. Assim, a Justiça Eleitoral do Maranhão é exemplo para o Brasil”, avaliou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, que também foi diplomado para o terceiro mandato como deputado estadual.

 

“O Maranhão viveu uma verdadeira festa cívica com as eleições. Não registramos nenhum incidente de significativa importância. Realizamos as eleições com seriedade, imparcialidade e absoluta transparência. Cumprimos nossa missão. A verdade é que a maioria dos eleitores brasileiros, através da maior arma de uma democracia, que é o voto livre e soberano, transmitiu induvidosa mensagem: que não mais aceita a política tradicional, a impunidade e a corrupção; quer um Brasil com autoridade ordem e progresso”, completou o desembargador Ricardo Duailibe, presidente do TRE/MA.

 

Fala dos eleitos

 

A deputada estadual eleita, Daniella Tema (DEM), disse que quer fazer a diferença e atender às expectativas do povo do Maranhão. “As mulheres ampliaram seu espaço na Assembleia e vamos mostrar que nós, mulheres, somos capazes de fazer uma boa política, além de cuidar da casa e dos filhos”, acrescentou.

 

O deputado federal reeleito, Hildo Rocha (MDB), avaliou o momento do Maranhão, no cenário nacional, como muito difícil em razão da crise econômica pela qual passa o Brasil. “A situação da economia do país não é fácil. Acredito que várias reformas terão que ser feitas para que o Brasil volte a crescer aos níveis de antes, de 2000. O Brasil precisa crescer numa taxa de 5, a 6% ao ano”, destacou.

 

Josimar de Maranhaozinho (PR) disse que sabe que a responsabilidade de exercer o mandato de deputado federal é bem maior, mas que, com a experiência vivida na Assembleia, se sente capacitado para bem representar o Maranhão na Câmara Federal. “Sinto-me preparado e vou dar o máximo, procurar fazer a diferença para ajudar o povo maranhense, que já me agraciou com muitas vitórias”, salientou.

 

O deputado estadual eleito, Arnaldo Melo (MDB), elogiou o trabalho realizado pela Justiça Eleitoral e disse que a política, no Brasil, está vivendo um momento de transformação. “A resposta da Lava Jato, de todo o trabalho do Ministério Público e da própria Polícia Federal foi o que o Brasil respondeu nas urnas para presidente. Espero que essa repercussão alcance os estados e os municípios do Brasil”, assinalou.

 

O deputado estadual eleito, Marcelo Tavares (PSB), avaliou a eleição de 2018 como muito difícil, mas com um resultado satisfatório para o Maranhão, com a reeleição do governador Flávio Dino. “O povo do Maranhão reconheceu o grande trabalho que o grupo liderado pelo governador Flávio Dino realizou e, por isso, o reconduziu e elegeu seus dois candidatos ao Senado. Nós que o auxiliamos também tivemos esse reconhecimento e estamos de volta a Assembleia”, ressaltou.

 

Fala do governador

 

O governador Flávio Dino falou em nome de todos os diplomados e disse que essa última diplomação é mais especial do que a primeira, porque ela tem a marca da aprovação dos primeiros quatro anos de mandato. “Temos programas que são reconhecidos pela população e, dentre eles, destaco o programa Escola Digna. A primeira grande prioridade do nosso governo, nesse segundo mandato, é a continuidade desse programa. Vamos continuar a infraestrutura educacional e elevar, ainda mais, a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”, assegurou.

 

O governador anunciou, ainda, que, no dia de sua posse, vai editar os primeiros atos do Pacto Estadual pela Aprendizagem e a extensão do Escola Digna para os municípios. “Além de olharmos para a rede estadual, nesse segundo mandato, daremos uma ênfase muito grande no apoio aos municípios, para que haja esse engajamento de todos os dirigentes público do Maranhão na elevação da qualidade do ensino, que é o caminho verdadeiro para a gente falar em desenvolvimento”, acrescentou.

 

Deputados estaduais diplomados (42)

 

Coligação Todos Pelo Maranhão 3 (PC do B/PSB/PDT/PP/PRB/PR/DEM)

 

Detinha (PR)

 

Cleide Coutinho (PDT)

 

Duarte Júnior (PCdoB)

 

José Gentil (PRB)

 

Othelino Neto (PCdoB)

 

Márcio Honaiser (PDT)

 

Thaiza Hortegal (PP)

 

Carlinhos Florêncio (PCdoB)

 

Neto Evangelista (DEM)

 

Marcelo Tavares (PSB)

 

Marco Aurélio (PCdoB)

 

Edson Araújo (PSB)

 

Rafael Leitoa (PDT)

 

Ana do Gás (PCdoB)

 

Adelmo Soares (PCdoB)

 

Glalbert Cutrim (PDT)

 

Andreia Rezende (DEM)

 

Paulo Neto (DEM)

 

Daniella Tema (DEM)

 

Vinícius Louro (PR)

 

Yglésio Sousa (PDT)

 

Hélio Soares (PR)

 

Antônio Pereira (DEM)

 

Ciro Neto (PP)

 

Fábio Macedo (PDT)

 

Ricardo Rios (PDT)

 

2º Suplente – Ariston Ribeiro

 

Coligação Maranhão Quer Mais 2 (MDB/PV/PSD/PSC/PMB/PRP)

 

Adriano Sarney (PV)

 

Rigo Teles (PV)

 

Arnaldo Melo (MDB)

 

Roberto Costa (MDB)

 

César Pires (PV)

 

1º Suplente – Socorro Waquim (MDB)

 

2º Suplente – Léo Cunha (PSC)

 

Coligação Juntos Pelo Maranhão 2 (PMN/PHS)

 

Wendell Lages (PMN)

 

1º Suplente – Pastor Ribinha (PMN)

 

2º Suplente – Rose Sales (PMN)

 

Coligação Todos Pelo Maranhão 5 (SOLIDARIEDADE/PATRIOTA)

 

Fernando Pessoa (SOLIDARIEDADE)

 

Rildo Amaral (SOLIDARIEDADE)

 

Helena Duailibe (SOLIDARIEDADE)

 

1º Suplente – Fábio Henrique

 

2º Suplente – Domingos Erinaldo

 

Coligação Todos Pelo Maranhão 4 (PTB/PROS/PPS/PPL)

 

Mical Damasceno (PTB)

 

Pastor Cavalcante (PROS)

 

1º Suplente – Marcos Antonio Caldas

 

2º Suplente – Sônia Maria Alves Sousa

 

PRTB

 

Leonardo Sá

 

Felipe dos Pneus

 

1º Suplente – Bébé Santos

 

2º Suplente – Mercial Lima

 

PT

 

Zé Inácio (PT)

 

1º Suplente – Henrique Sousa

 

2º Suplente – Honorato Fernandes

 

PSL

 

Pará Figueiredo

 

1º Suplente – Fábio Câmara

 

2º Suplente – Tarsila Mariana

 

PSDB

 

Wellington do Curso

 

1º Suplente – Guilherme Paz

 

2º Suplente – Macedo Júnior

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!